Detetive TELES
30 de janeiro de 2014
“Essa é pra casar!”
29 de abril de 2016

Sobre o perdão de modo geral e traição.

Sobre o perdão de modo geral e traição.
Pra quem acredita em Deus e lá uma vez por outra reza o Pai Nosso,
tem um parte nessa oração que diz,
“perdoai as nossas ofensas, ASSIM como nós perdoamos a quem nos ofendeu’.
Há uma versão que diz:
“perdoai as nossas DIVIDAS ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS AOS NOSSOS DEVEDORES”
Dando a entender que uma quantia em dinheiro seria MAIS inesquecível que um tapa na cara por exemplo..
Hoje filosofei a respeito disso por alguns minutos e pensei que as duas coisas são difíceis… Porém pensei mais além
Imagine que você deve R$1000 para alguém e R$ 10 para outra pessoa, as duas (por obra divina rs), te “perdoam” a divida ..
Á qual você será mais agradecido??
Ao que te perdoou a dívida maior, certo?
Porém, dos dois, o único que voltará a emprestar dinheiro será o que te perdoou os 10 “pila”, para a vida dele, aquele valor não faria tanta diferença… mas saiba, ao você atrasar o pagamento da nova dívida, ele se lembrará da divida passada, isso é certo, e possivelmente “te jogara na cara”.
Ele te perdoou, mas não esqueceu.
O mesmo acontece sobre pequenas falhas em nossos relacionamentos, quando uma pessoa erra pouco, você pode perdoa-la, e até continuar com ela… Afinal todos erram, mas quando ela erra de novo, fica difícil caminhar confiando.
Se você tem sido negligente de alguma forma com a sua parceira/namorada/esposa, procure agir corretamente o mais rápido possível, não viva um inferno por influência sua…E se os desentendimentos vem por parte dela, mostre esse texto a ela, e deixe-a usar a inteligência que têm!
Talvez seja a hora de parar de ficar “emprestando” pra quem nunca paga!

 

A traição se equivale a dívida de R$1000, você perdoa, mas não volte a “fazer negócios” com essa pessoa!
Perdoe porque sua vida tem que continuar!
O cara que te perdoou 1 barão não vai deixar de trabalhar porque um babaca (no caso você) não pagou a conta… Muito pelo contrário agora ele vai trabalhar ainda mais, e ser mais criterioso para quem ele empresta seu suado dinheiro!
Fiquem atentos, “perdoai as nossas ofensas, ASSIM como nós perdoamos a quem nos ofendeu” é um FIM, e indiscutível, mesmo para quem não crê que Deus existe… pois humanos existem e são falhos!
A força é contigo!
dePaula.

Converse no WhatsApp